Blog

Dicas do que não fazer após o treino

A prática de atividades físicas requer alguns cuidados desde a sua prática em si a outros fatores que estão relacionados, como a escolha adequada de roupas, os horários e outros dois fatores determinantes: o pré e o pós-treino.

 

Nesse post falaremos especialmente de um deles: o pós-treino. Há algumas recomendações do que você não pode fazer e que são muito importantes no seu pós-treino que se não forem feitas podem evitar mal estar a lesões e problemas mais sérios. Confira!

 

180282-OWMGLS-102.jpg

 

1. Pular o Alongamento

O campeão em ser rejeitado é o alongamento. Seja no início ou no final do treino, devido a pressa e pouco tempo separado para a realização das atividades físicas, as pessoas pulam com muita frequência o alongamento.

 

No caso do pós-treino, a falta de um alongamento pode contribuir para dores fortes e possíveis lesões após o treino. O alongamento pós-treino é fundamental para a recuperação muscular.

 

Por isso, não deixe de incluir o momento para realizá-lo tanto no início como no final dos seus treinos.

 

image(1).png

 

2. Esquecer a hidratação

 

É comum as pessoas procurarem beber água ou ingerir outros líquidos apenas no momento de aparente cedo. No entanto, é importante procurar se hidratar principalmente após a prática de atividades físicas onde há a grande perda de líquidos que precisam ser repostos.

 

Por isso, tenha sempre com você uma garrafinha de água e comece a praticar o hábito de ingerir água durante e principalmente no pós-treino. E uma dica: mesmo que você faça a ingestão de outras bebidas energéticas, não deixe de ingerir água.

 

3. Não se alimentar após os treinos

 

As principais motivações para as pessoas praticarem atividades físicas são a qualidade de vida e saúde corporal, o que em muitas palavras para alguns, significa atingir a sua definição ideal de corpo.

 

No entanto, para algumas pessoas alcançar esse objetivo significa deixar de comer, o que é precipitadamente errado. Quem treina precisa se alimentar e bem. É onde se faz importante além de praticar uma atividade física, realizar um acompanhamento médico e nutritivo para melhorar também a alimentação.

 

Quais as consequências de não comer após o treino?

 

Não se alimentar após o treino pode provocar cansaço, queda de pressão, desorientação e até desmaios.

 

Procure ingerir alimentos leves e ricos em proteínas após o seu treino para evitar esses transtornos e mal estar.

 

4. Descansar

 

Não ter um momento de descanso e/ou dormir pouco pode ser bastante prejudicial a saúde como um todo. Por isso, não acelere muito o ritmo de sua vida, eliminando os momentos de pausa, principalmente para descanso muscular, pois isso também faz parte dos resultados que você pretende alcançar.

 

Esperamos que as dicas citadas acima possam ser um alerta para você mudar a partir de hoje os seus hábitos de treino.

 

Fiquem sempre ligados na RR Fitness e Musculação. Além de dicas, você encontrará aqui as melhores opções de acessórios e equipamentos fitness.teeth_smile.png